• DOMINGO (7)

    Às 17h e às 21h (sessão extra), o grupo paulistano 5 a Seco faz show de lançamento de seu 2.º disco, Policromo (o 1.º gravado em estúdio). O grupo é formado pelos jovens Léo Bianchini, Pedro Altério, Pedro Viáfora, Tó Brandileone e Vinicius Calderoni.
    Auditório Ibirapuera – Av .Pedro Álvares Cabral, s.n.º , portão 2 do Parque Ibirapuera/SP
    Ingressos: R$ 20,0 ( R$ 10,00 - meia)

  • SÁBADO (6)

    Às 21h, o cantor goiano Rubi comemora seus 30 nos de carreira revisitando seu próprio repertório, mas também se reinventando em canções inéditas de compositores e parceiros que vem colecionando ao longo desses anos.

  • SEXTA-FEIRA (5)

    Às 21h, a cantora Marina de la Riva apresenta, em um clima intimista, o show Via Sacra Amor de Dor. Transitando entre música e poesia, a cantora faz uma viagem delicada e visceral, através de músicas do cancioneiro latino e brasileiro,

  • QUINTA-FEIRA (4)

    Às 21h, o compositor e violonista Chico Saraiva, a convite do Comboio de Cordas, apresenta arranjos inéditos laborados em violão e voz para algumas de suas composições, que contam com letras de Luiz Tatit, Paulo César Pinheiro e Mauro Aguiar.

  • QUARTA-FEIRA (3)

    Às 19h30, as cantoras Alaíde Costa e Áurea Martins prestam uma homenagem a Elizeth Cardoso, com o espetáculo “Elizethíssima, idealizado pelo compositor e poeta Hermínio Bello de Carvalho, que foi produtor musical das três artistas.

  • TERÇA-FEIRA (2)

    Ao meio- dia, o duo de violinos, formado por Jonathan Cardoso e Hugo Leonardo, apresenta peças de Jean Marie Leclair, Franz Krommer e Rodolphe Kreutzer. A apresentação integra o Música

  • EDIÇÃO 217 - FUNARTE OCUPADA

    Beijos musicais

    Olá, pessoal, tudo bem?
    Hoje, eu quero escrever sobre um espaço bem legal que há aqui em Sampa, com uma programação cultural interessante e que, no entanto, não emplaca. Me refiro à Funarte, que fica ali na Alameda Nothmann, nos Campos Elíseos. No local, próximo aos metrôs Santa Cecília e Marechal Deodoro, há atividade de segunda a segunda, seja na área de música, de teatro, de circo, de dança ou das artes plásticas. Nas duas últimas recentes vezes que fui lá, assisti aos shows do cantor e compositor (e performer) Léo Cavalcanti e da cantora Ilana Volcov. Espetáculos muito bem produzidos, com ingressos bem em conta. Nos dois últimos domingos, se apresentariam o trio Metá Metá (Juçara Marçal, Kiko Dinucci e Thiago França)e a cantora Alzira E., juntamente com o compositor Peri Pane. Ou seja, alguns dos nomes interessantes que compõem a cena musical paulistana. Nas noites de segunda-feira, há apresentações de jazz e, nas de terça, blues. Além disso, o local é palco constante de peças teatrais e cursos em diversas áreas, alguns até mesmo gratuitos. Sim, tem um agravante que talvez assuste o público: não há estacionamento no local, as ruas são escuras e há vários moradores de rua ao redor. O público, creio eu, tem medo de deixar o carro na rua ou de ir a pé. Pelo que sei, os responsáveis pelo lugar fizeram uma parceria com um estacionamento próximo. Isso talvez amenize os receios. Porém, enfrentar o medo (em todos os sentidos) e, além disso, prestigiar os eventos da Funarte, vale a pena.

    Beijos musicais,

    NELMAR ROCHA

  • SEGUNDA-FEIRA (1.º)

    Às 21h, o compositor Arrigo Barnabé (teclado) apresenta o show Claras e Crocodilos, no Instrumental Sesc Brasil. O show foi apresentado em 2013 no Festival de Vanguardia (Santiago do Chile) e foi sucesso de público e crítica. Desde sua estreia vem seduzindo plateias e lotando casas de shows e teatros no Brasil e no exterior. Este show é, antes de mais nada, um encontro de gerações: quatro jovens instrumentistas e três experientes (quase históricos) rapazes se encontram no palco.

  • ANTONIO VILLEROY RECEBE MORAES MOREIRA EM SHOW DE LANÇAMENTO DO CD SAMBOLERIA

     Um dos mais gravados compositores da atualidade, Villeroy homenageia Caymmi e Lupicínio

    Divulgação

         Depois da estreia na Miranda (RJ), em junho, e de passar por Porto Alegre, Belo Horizonte e São Paulo, o cantor e compositor Antonio Villeroy retorna ao Rio de Janeiro, na 3.ª-feira (2), às 19h30, no Teatro Rival Petrobras, para fazer o show de lançamento de seu 7.º CD, Samboleria.
         O álbum, lançado em maio pela Sony Music, inclui repertório inédito de sambas, boleros e outros ritmos latinos.

          Além das canções do CD, Villery mostrará algumas composições que o tornaram um dos mais solicitados compositores do Brasil na atualidade. Ele tem composições gravadas por Maria Bethânia, Gal Costa, Ivan Lins, Mart´’nália, Zizi Possi, entre outros. Ana Carolina, por exemplo, já gravou 27 canções de sua lavra, entre elas Garganta.

         Além disso, ele prestará uma homenagem ao centenário de nascimento do gaúcho Lupicínio Rodrigues (seu conterrâneo) e a Dorival Caymmi, conterrâneo de seu convidado especial no show, o baiano Moraes Moreira. Ele cantará, com Villeroy, a música que compuseram juntos, Ponto Com e Sem, além de Felicidade, de Lupicínio Rodrigues (com trechos do poema “Lupicínico” feito por Moreira), e Maracangalha, de Caymmi.
         

  • PIANISTA BENJAMIM TAUBKIN PARTICIPA DO MÚSICAS DEL SUR

       

    Reprodução

     Músicas del Sur reúne músicos de renome da Argentina, do Brasil e do Uruguai em um projeto itinerante que festeja a ideia da pátria grande latino-americana – cruzando, reconstruindo e disseminando estilos e identidades da cultura popular dos três países.

     Na estreia em São Paulo, o Músicas del Sur focará em artistas brasileiros e argentinos. Serão dois shows no Auditório Ibirapuera, dias 6 e 19 de setembro, ambos às 21h.
    Neste sábado (6), sobem ao palco Vitor Ramil (Brasil) e Carlos Moscardini (Argentina), seguidos por Ensamble Chancho a Cuerda (Argentina) e Benjamim Taubkin (Brasil).
       

  • GRUPO AUM HOMENAGEIA O COMPOSITOR VILLANI-CORTÊS

    Foto: Luciana Aith

         O grupo instrumental paulistano AUM participa do evento Primavera Villani, série de concertos para celebrar a obra do compositor, pianista e maestro Edmundo Villani-Cortês, organizado pelo Sesc Vila Mariana. Na apresentação, que ocorre neste sábado (6), às 18h30, o grupo mostra repertório do DVD Cortesia, no qual registra a obra de Villani-Côrtes.

         O repertório de Cortesia, referência e homenagem ao sobrenome Villani-Côrtes, mostra obras como Poema Brasileiro, Os Borulóides, São Paulo, Frevo Paulista e Baião

       

  • AMILTON GODOY E LÉA FREIRE SÃO OS CONVIDADOS DE CAITO MARCONDES NO ESPAÇO CACHUERA!

    Léa Freire e Amilton Godoy
    Foto: Patrícia Menezes

     Um dos melhores percussionistas do Brasil, Caito Marcondes recebe em projeto mensal, Encontros Musicais CaitoMarcondes Convida, o pianista Amilton Godoy e a flautista e compositora Léa Freire. O evento ocorre no Espaço Cachuera (SP), nesta 2.ª-feira, às 21h. A dupla apresenta o repertório do CD Amilton Godoy e A Música de Léa Freire, em que Amilton faz uma viagem pelo universo criativo de Léa em temas como A Coisa ficou Russa, Brincando com Theo e Mamulengo, entre outras. Algumas dessas composições já foram mostradas pelo Quinteto Vento em Madeira, do qual Léa faz parte.

       

  • LÉO GANDELMAN E EDUARDO FARIAS LANÇAM CD MÚSICA SEM FRONTEIRAS

    Léo Gandelman e Eduardo Farias
    Léo Gandelman e Eduardo Farias

         O saxofonista Leo Gandelman apresenta o show de lançamento do disco Música de Fronteira em duo com EduardoFarias, jovem pianista, multi-instrumentista, arranjador e orquestrador, na 5.ª-feira (4) às 20h, no Sesc Bom Retiro (SP). No repertório, composições de Ernesto Nazareth, Baden Powell, Pixinguinha, Villa-Lobos e Severino Araújo, além de músicas autorais.

         Leo Gandelman alcançou um patamar inteiramente único no Brasil, adorado pelo grande público, jovem e pop, e também pelos fãs de MPB. Da mesma forma, associou seu nome à excelência e ao virtuosismo da música de concerto, em performances como solista de orquestras consagradas e em recitais de câmara.
         Sesc Bom Retiro (Teatro) – Alameda Nothmann, 185, Bom Retiro/SP
         Ingressos: de R$ 4,00 a R$ 20,00

  • SEMANA DE 1.º A 7 DE SETEMBRO

    A cantora Ná Ozzetti embala, nesta 6.ª-feira (5), o público de Porto Alegre (RS). Acompanhada de banda, Ná apresenta seu novo trabalho, Embalar, no Teatro Bourbon Country.

    O cantor e compositor Silvio César comemora 55 anos de carreira no palco do Teatro Rival Petrobras (RJ), na 3ª-feira (1.º). O cantor recebe convidados ilustres como Zezé Motta, Leny Andrade, Jane Duboc, Carlinhos Vergueiro, entre outros.

    O artista austríaco Matthias Libner se apresenta na Casa do Núcleo (SP) com o Hurdy Gurdy ou Viola de Roda (instrumento musical de corda friccionada. No repertório, ele apresenta uma mistura música tradicional e música autoral. A apresentação ocorre na 5.ª-feira (4), a partir das 21h.

    Já no dia seguinte (6), é a vez de o artista Nicolás Rallis subir ao palco da Casa do Núcleo. Ele apresenta seu 2.º CD ao lado de Agustín Lumerman e Lautaro Matute. Participação especial do Ensemble Chanco a Cuerda, banda da qual Rallis faz parte também.

    A Banda Sinfônica do Estado de São Paulo se apresenta no auditório do MASP no domingo (7), às 11h, para apresentar mais uma edição do Domingo Sinfônico. O concerto será regido pela maestrina venezuelana Rosa Briceño, reconhecida como uma das maiores referências nas áreas de música, docência e de pesquisa voltada às bandas sinfônicas na América Latina.

    A Vila de Paranapiacaba (Santo André/SP) realiza, de 4 a /9, a 1.ª edição da Feira

    ...