Às 20h30, a Banda Jazzco mostra sua exclusiva sonoridade de seu Jazz Brasileiro, alegre e muito suingado.
Unibes Cultural – Rua Oscar Freire, 2.500, Sumaré/SP
Ingressos: R$ 40,00 (R$ 20,00)

Às 20h30, a cantora Karla da Silva apresenta suas referências musicais e mostra Imortais, primeiro single de seu próximo álbum, Gente que nunca viu vai ver a pretíssima coroação. Influenciada pelo samba de quadra e pelo chorinho, a carioca traz em suas interpretações diversos elementos da música brasileira, acumulados em quase dez anos de carreira e mostrados na primeira edição do programa The Voice Brasil, em 2012. Além do single (presente em Gente que nunca viu vai ver a pretíssima coroação, com previsão de lançamento no segundo semestre deste ano), o repertório conta com músicas autorais como Eu vou que vou, Duas meninas e Nova York feat Belém do Pará. "Além dessas, o público vai ouvir algumas faixas do álbum anterior e, também, a conhecida Guiné Bissau, Moçambique e Angola. Essa é do Tim Maia, mas terá a nossa pegada no arranjo.”, completa Karla. Na mistura, também estão presentes composições do músico brasileiro Gerônimo e influências internacionais como do pianista norte-americano Herbie Hancock, considerado um dos mestres do jazz, e da dupla francesa Daft Punk. O show tem direção musical do guitarrista Cabé Pereira, conhecido pelos trabalhos que realizou ao lado de Emicida e Rael. (Fonte: Assessoria Sesc Pinheiros)
Sesc Pinheiros (Auditório) – Rua Paes Leme, 195, Pinheiros/SP
Ingressos: De R$ 7,50 a R$ 25,00

Às 21h30, o Metá Metá, formado por Kiko Dinucci, Juçara Marçal e Thiago França, se apresenta na Casa de Francisca, na Rua José Maria Lisboa, 190, Jardim Paulista/SP
Ingressos: R$53,00
O trio volta a se apresentar na 5.ª-feira (12)

     O Auditório Ibirapuera recebe, no sábado (7), às 21h, Renato Braz (voz, violão e berimbau), Breno Ruiz (piano), Mario Gil (voz e violão) e Roberto Leão (voz) para o show de lançamento do disco Mar Aberto.

    O trabalho presta uma homenagem às canções brasileiras e é o primeiro que os quatro músicos realizam oficialmente com essa formação. A apresentação conta com a participação especial de Dori Caymmi.

Reprodução


     O encontro dos quatro rapazes ocorreu inicialmente em 2015: “No ano passado, eu e o Renato fizemos um show no Auditório e trouxemos o Mário e o Roberto Leão (artista português de Santa Maria da Feira) para uma participação especial”, conta Breno Ruiz. “A química foi tão interessante, genuína [...] que parecia um show de nós quatro. Após esse espetáculo, tivemos a oportunidade de nos apresentar juntos em diversas ocasiões [...] Isso acabou virando um disco”, explica o pianista. “Mar Aberto é o nosso primeiro ‘trabalho formal’ [...] É um encontro.”